NATAL BRANCO

White Christmas, EUA, 1954, Comédia/Musical, 120 minutos

Direção: Michael Curtiz

Elenco:  Bing Crosby, Danny Kaye, Rosemary Clooney

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: LIVRE

Onde encontrar: Popcorn Time

 

Baseado na canção ganhadora do Oscar de 1942, White Christmas, Natal Branco é um musical que exala o clássico espírito natalino. Recheado de felicidade, bom humor e muita simpatia, traz como discussão o desejo de uma vida calma depois da guerra, o esquecimento e desvalorização dos soldados por parte da sociedade e a ajuda ao próximo que se tornou um símbolo do significado do Natal. De forma calorosa, aborda o sentimento de que, pelo menos por um momento, o mundo pode ser um lugar melhor.

O filme conta a história de Bob Wallace e Phil Davis, companheiros de exército que lutaram juntos durante a Segunda Guerra Mundial e acabam se tornando amigos após um acidente. Ao terminarem a carreira militar, formam um dueto de dança e canto e começam a trabalhar na Broadway criando peças musicais que ficam famosas. Depois de alguns anos de sucesso, conhecem as irmãs Betty e Jude Haynes, que também trabalham no show bussiness, e decidem passar o feriado de fim de ano com elas em um resort de esqui. Quando chegam, descobrem que o antigo general deles, Thomas Waverly, é o dono do hotel e está indo à falência pela falta de neve. A mudança no clima havia afastado os hóspedes e, em uma tentativa de ajudar, Bob e Phil planejam montar um espetáculo inédito de Natal no hotel, para atrair mais pessoas e salvar o lugar.

Com um ar inocente, trilha sonora diversa e coreografias bem elaboradas, o musical antigo representa uma época em que os relacionamentos eram supostamente mais valorizados. Natal Branco é um musical divertido e sentimental e, ainda que não dedique muito tempo para o desenvolvimento dos personagens, é uma ótima programação de férias para toda família. O filme foi uma das melhores bilheterias de 1954 e foi indicado ao Oscar de Melhor Canção por Count Your Blessings Instead of Sheep.

Mayara Sentalin