CDCC produz peças para máscaras protetoras

Centro firmou parceria com rede para colaborar com proteção de profissionais da saúde

O CDCC está produzindo em sua impressora 3D suportes para máscaras de proteção, em um trabalho conjunto com uma rede de colaboração, que envolve o Grupo de Pesquisa em Manufatura Aditiva e Design for Assistive Tecnology da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), coordenado pela professora do Departamento de Engenharia Mecânica, Zilda de Castro Silveira, além de outros grupos, como CTI-Campinas, Departamento de Engenharia de Produção (professor Daniel Braatz A. A. Moura) e do Departamento de Engenharia de Materiais (professora Alessandra de Almeida Lucas), ambos da UFSCar, CREARE Reabilitação Fisioterápica, Model Works, Tecndent, Mercedes-Benz; ABINFER, além de estudantes de graduação e pós-graduação.

Impressora 3D sendo usada na produção dos suportes (imagem: Sidney Carlos Rigo Júnior)

As peças produzidas pelo CDCC são somadas a outras para formar a máscara, que é um importante complemento de equipamentos de proteção individual – EPIs e, após a montagem, são doadas para a Santa Casa de Misericórdia de São Carlos para colaborar com o trabalho das equipes da área de saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia de COVID-19.

Suportes prontos para serem entregues e usados na montagem dos EPIs (imagem: Sidney Carlos Rigo Júnior)

Até o momento, 20 suportes foram produzidos no CDCC num primeiro lote, mais 12 num segundo, totalizando 32 suportes. Um terceiro lote de mais 20 peças já está sendo preparado para entrega e ainda mais peças serão produzidas, de acordo com a capacidade de produção da impressora.

Já foram entregues 300 máscaras para Santa Casa e oito para a equipe da DNA Consult/Prefeitura de São Carlos.

Profissional da saúde usando roupa completa (imagem: Santa Casa)

 

Texto: Comunicação do CDCC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top