Argumentação na Educação Científica

Responsável: Salete Linhares Queiroz

Objetivos

Fornecer subsídios para que os professores compreendam a importância da argumentação em ambientes de ensino. Propiciar condições para a elaboração e análise de sequências didáticas potencialmente favoráveis à ocorrência da argumentação em aulas de ciências.

Metodologia

Aulas expositivas, discussão de textos, resolução de exercícios, análise de sequências didáticas e de episódios de ensino nos quais a argumentação é fomentada.

Conteúdo Programático

  • Argumentação nos processos constitutivos da prática científica.
  • Práticas argumentativas no ensino de ciências: elaboração e análise à luz de referenciais teóricos sobre argumentação.
  • Argumentação e construção do conhecimento nas aulas de ciências.
  • Relações entre argumentação e o ensino e aprendizagem baseados em casos investigativos.

Bibliografia

ALEIXANDRE, M.P.J.; OTERO, J.R.G.; SANTAMARIA, F.E.; MAURIZ, B.P. Actividades para trabajar el uso de pruebas y la argumentación em ciencias. Santiago de Compostela: Danú, 2009.

ERDURAN, S.; Jiménez-Aleixandre, M. P. (Eds.). Argumentation in science education: perspectives from classroom-based research. New York: Springer, 2007.

LATOUR, B. Ciência em ação: como seguir cientistas e engenheiros sociedade afora. São Paulo: UNESP. 2000.

SÁ, L.P.; QUEIROZ, S. L. Estudo de casos no ensino de química. Campinas: Átomo, 2010.

TOULMIN, S. Os usos do argumento. Martins Fontes. São Paulo. 2006.

VIEIRA, R. D.; NASCIMENTO, S. S., Argumentação no ensino de ciências: tendências, práticas e metodologia de análise. Curitiba: Appris, 2013.