Logo e link para a página inicial do CDCC
CENTRO DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA E CULTURAL
Facebook YouTube

Dia 9 de dezembro de 2017, às 20 horas

O Evangelho Segundo São Mateus

Il Vangelo Secondo Matteo, Itália/França, 1964, Drama, 135 minutos
Direção: Pier Paolo Pasolini
Elenco: Enrique Irazoqui, Margherita Caruso, Susanna Pasolini

Cartaz

Na pequena província da Judeia, na época do domínio romano, um humilde carpinteiro, José, decide abandonar sua esposa que, apesar de suposta­mente virgem, acha-se grávida. Um anjo é enviado para anunciar que o filho de Maria fora gerado por obra divina e convence José a criá-lo como seu filho. Com intervenções esporádicas do anjo e de reis vindos de lugares distantes, Jesus cresce e se torna um conhecido pregador na Judeia, caminhando pelas cidades seguido de seus humildes discípulos, curando os doentes, divulgando o reino de Deus e advertindo contra a hipocrisia dos religiosos da época.

Sem dúvida alguma, o personagem mais conhecido e influente na sociedade é Jesus Cristo. Não é de se estranhar, portanto, que haja tantos filmes que retratem sua vida. O Evangelho Segundo São Mateus se destaca dentre os demais por prezar pela fidelidade ao texto bíblico. Como sugerido pelo título, o filme se baseia no Evangelho de Mateus, o primeiro na ordem canônica e apontado por estudiosos como o mais realista dos evangelhos. Logo de cara, nos chama a atenção a imagem de Jesus que aqui não segue o molde dos demais filmes, loiro com olhos claros. Pelo contrário, o ator escolhido se assemelha mais com o tipo físico dos judeus da época. A fidelidade à Bíblia é de tal ordem, que o longa acaba repleto dos diálogos e sermões de Cristo, sem espaço para dramatizações. Isso pode, talvez, causar certa estranheza no público mais acostumado com produções hollywoodianas.

Apontado pelo Vaticano como a melhor biografia de Cristo já produzida pelo cinema, O Evangelho Segundo São Mateus é uma obra inesquecível do italiano Pier Paolo Pasolini, sempre lembrado por suas produções chocantes e críticas à sociedade e à Igreja.

Felipe Augusto Hencklain

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Contém: Agressão física, assassinato, exposição de cadáver
Tema: Vida de Jesus

TRAILER