Logo e link para a página inicial do CDCC
CENTRO DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA E CULTURAL
Facebook YouTube

Dia 26 de agosto de 2017, às 20 horas

O Fantasma da Liberdade

Le Fantôme de la Liberté, França, 1974, Drama/Comédia, 104 minutos
Direção: Luis Buñuel
Elenco: Michel Piccoli, Monica Vitti, Adriana Asti

Cena de O Fantasma da Liberdade

O filme é constituído de pequenos episódios que se interligam através de pelo menos um personagem de cada episódio, sendo assim, são apresentados diversos tipos de histórias, tendo como ponto principal a crítica à sociedade, culturas, religião e modo de vida cotidiana das pessoas, bem como o ataque à costumes que nos são preestabelecidos.

Todos os episódios se baseiam em críticas sobre o modo como vivemos. No início, temos uma garota que recebe cartões inapropriados de um estranho. Seus pais checam e chegam à conclusão de que aquilo é um absurdo. O pai da garota vai ao médico, onde existe uma enfermeira que informa ao médico que precisa sair para visitar seu pai. Após um problema na rodovia ela para em uma pensão onde pratica jogos de azar com padres de alguma igreja. Mais tarde, ainda na pensão, chega um casal composto por um adolescente e uma senhora, tia do rapaz mais jovem, após fugirem de casa para viverem um amor que estava enraizado neles, mas que a família abominava. Também existe um casal sadomasoquista e exibicionista que deseja a participação de todos os hóspedes da pensão.

Histórias como a de um assassino e de pessoas que defecavam na mesa de jantar e depois jantavam em um lugar solitário como um banheiro, também são destaques de alguns episódios que compõem o longa.

Buñuel utiliza o que tem de melhor e satiriza de forma direta e surrealista os costumes existentes na sociedade, atacando constantemente a religião, o modelo familiar existente, a nação, a justiça, entre outros pensamentos, costumes e culturas existentes e comuns a muitas sociedades. O filme faz bem seu papel e nos faz refletir sobre os costumes adotados por todos.

Eric Martins da Silva

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Tema: Crítica à sociedade
Contém: Conteúdo sexual

Após a exibição deste filme, haverá um bate-papo mediado pelos monitores do Cineclube.
Participe e dê sua opinião!

Cena do filme